Artboard 33atençãoArtboard 18atualizarconectividadeArtboard 42boletocarrinhocartãoArtboard 45cartão SaraivacelularArtboard 42Artboard 23checkArtboard 28Artboard 17?compararcompartilharcompartilhar ativoArtboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32ebookArtboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11fecharfilmesArtboard 23gamesArtboard 4Artboard 9Artboard 6hqimportadosinformáticaArtboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44curtirArtboard 24Artboard 13livrosArtboard 24Artboard 31menumúsicaArtboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44outrospapelariaArtboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35estrelaestrela ativorelógiobuscaArtboard 50Artboard 26toda saraivaArtboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37usuárioArtboard 46Artboard 33Artboard 8seta

Resultados para: alexandre staut

4 produtos
  • Paris Brest

    Alexandre Staut

    (5)

    (9373293)

    Um jovem brasileiro vai para a França trabalhar num restaurante prestes a inaugurar. Assim começa “Paris-Brest”, misto do romence de formação, diário de viagem e livro de receitas. Paris-brest não trata apenas de cozinha, mas da razão pela qual ela...

  • Perdidas - Histórias Para Crianças Que Não...

    Gerlach,Katia; Staut,Alexandre
    (9933019)

    Revoltados com as recentes mortes de crianças por bala perdida — como a de Maria Eduarda, de 13 anos, na escola ou a de Arthur, baleado quando ainda estava na barriga da mãe — escritores passaram a escrever, espontaneamente, sobre aqueles meninos e...

  • Croniquetas

    Azevedo, Artur; Staut,Alexandre
    (9940960)

    Sob o pseudônimo Elói, o herói, Artur Azevedo publicou quinzenalmente, de 15 de dezembro de 1885 a 30 de junho de 1903, suas “Croniquetas” na revista feminina A Estação: Jornal Ilustrado para a Família. Este volume apresenta 87 delas, escritas do...

  • e-book

    Só por hoje

    Alexandre Staut
    (8342451)

    “Veneno, Tião repetiu, sem convicção. Ele deslizou os dedos no pescoço, na altura do gogó, como que para dissipar uma espécie de travo amargo na garganta, lembrando-se, em seguida, de um livro que lera, a escritora sussurrando nos seus ouvidos: gosto...

Busca por